Quando o app está pronto, existem vários fatores que podem ser cuidados para que haja problemas para que o app seja encontrando dentro das lojas de apps.  

Abaixo o passo a passo para estruturar o ASO na hora de publicar um app.
 

1. Defina um bom nome para o app

O nome é a porta de entrada para app obter downloads e é um fator primário na hora que o usuário realiza uma pesquisa na barra de busca das lojas de apps.

O nome deve representá-lo e deverá estar alinhado com a sua marca, mas não deve ser a única coisa a ser considerada.

Uma boa palavra a mais no título do app pode significar o sucesso. Pesquise termos e palavras que os usuários possam estar procurando. Uma boa forma de ver a demanda por buscas é o Google Trends.


Veja na imagem o exemplo do jogo "Walking Dead: Sobrevivência". Sobrevivência é um termo que jogadores de games procuram, pois é estilo de jogo e isto aumenta muito sua probabilidade de ser encontradp por quem prefere esta modalidade de game.

Abaixo separamos algumas dicas:

  • Cuidado com o tamanho do nome do app. O limite é de 50 caracteres na App Store, enquanto a Play Store limita a utilização de apenas 30 caracteres;
  • Na hora da busca, os usuários verão apenas os dez primeiros caracteres do nome do app. Por isso veja se vale a pena uma palavra a mais no título;
  • Pesquise quais são os apps concorrentes que aparecem quando busca o nome do seu app ou termos. Preste atenção se já existem apps com o nome que pensou.  As lojas podem retirar e suspender seu app caso considerem um plágio;
  • Não utilize nomes grandes ou difíceis e evite acentos, hífen, underline e outros caracteres;
  • O nome deve ser fácil de lembrar e de pronunciar. Assim os usuários vão ter menos risco de baixar outro app e fica mais fácil a divulgação boca a boca.

 

2. Ícone ou Logo

O ícone ou logo do aplicativo é tão importante quanto o seu nome. Ele será a identidade do app para o usuário. Ele também proporciona a fácil identificação do app desejado todas as vezes que o usuário acessa a tela inicial do celular.

Se o ícone do app estiver em baixa resolução, mal feito e com uma identidade visual inadequada, isto reduzirá as chances do usuário confiar nesse app e poderá afastá-lo.

Veja abaixo o exemplo e perceba qual ícone remete mais confiança e profissionalismo.             

Abaixo separamos algumas dicas:

  • Tenha um ícone com design profissional e de alta resolução;
  • Evite textos e detalhes que possam atrapalhar ou confundir a visualização;
  • É importante ter coerência entre o ícone e as cores do app;
  • Sempre que alterar o ícone do app será necessário atualizar o app nas lojas;
  • As resoluções exigidas são diferentes nas lojas. Na Google Play Store é 512x512 px e na App Store 1024x1024 px;
  • Na App Store o ícone é arredondado nas pontas e na Play Store, não. Para ter uma melhor visualização em ambas as lojas, o ideal é fazer o ícone com as bordas arredondadas;
  • Não utilize logo parecido com alguma marca famosa, pois correrá o risco dele ser rejeitado ou suspenso pelas lojas.

 

3. Palavras-chave

Depois do nome do app, o fator mais relevante para o usuário descobri-lo nas lojas são as palavras-chave.

Antes de pensar nas palavras-chave que usará, faça um mapeamento do volume, relevância e dificuldade. Não esqueça de pensar no que o potencial usuário poderia estar buscando nas lojas. Existem algumas ferramentas para ajudar neste caso, como a Tune ou a Sensor Tower.

Procure investir em palavras que tenham um bom volume de busca e baixa concorrência.

Encontre aplicativos semelhantes aos seus, bem posicionados em ASO e veja as palavras que utilizam.

Abaixo separamos algumas dicas:

  • Se possível, utilize 5 palavras no máximo;
  • Utilize palavras-chave na descrição do app também;
  • É importante que as palavras-chave, a descrição e o nome do app sejam relacionadas;
  • Faça um teste das palavras que escolheu e pesquise os termos nas lojas. Veja quantos apps aparecem e quais palavras esses apps utilizam;
  • Separe apenas com vírgulas, sem dar espaços, para aproveitar ao máximo o número de caracteres permitidos.

 

4. Imagens e screenshots 

Se o ícone do app é a primeira impressão que o usuário tem a respeito do aplicativo, as screenshots (prints de tela) são a segunda. Usualmente os desenvolvedores utilizam as telas de captura do seu app para serem as screenshots;

Imagens sempre falam mais que palavras. Menos de 10% dos usuários das lojas de apps abrem toda a descrição do aplicativo antes de baixá-lo, mas mais de 50% abrem as telas de screenshots.

Tente usar capturas de telas que vão mostrar rapidamente quais são os grandes benefícios do aplicativo. É possível tratar as imagens e inserir textos nestas telas, mas tome cuidado para não deixar confuso. Deixe o design harmonioso para o usuário.

Abaixo separamos algumas dicas:

  • Insira todas as imagens possíveis. Isso faz com que a loja posicione melhor o app. Na Play Store é possível inserir 8 imagens e na App Store, 5;
  • Destaque nas telas as funcionalidades mais incríveis do aplicativo, isto o tornará mais atrativo para o usuário. É interessante inserir pequenos textos junto com as screenshots para mostrar ao usuário o que cada funcionalidade traz. Abaixo trazemos um exemplo do Snapchat exatamente sobre isso;
  • Se o app tiver diversos idiomas, as lojas permitem efetuar capturas de telas diferentes. Isso é importante caso os screenshots tenham textos;
  • as imagens precisam ter uma boa qualidade de resolução;
  • não utilize marcas famosas nas imagens, pois o app pode ser rejeitado pela loja.
  • Caso esteja publicando o aap na App Store certifique-se que nas screenshots não há a imagem de nenhum smartphone de outra marca a não ser Iphone e dê preferência aos modelos mais atuais do Iphone;

 

5. Vídeo de demonstração

Com um vídeo demonstrativo, os usuários poderão entender facilmente sobre o que é o app, o que acaba gerando mais credibilidade antes mesmo do usuário baixá-lo.

Se o app for uma solução, como o Google Drive, nada mais justo que mostrar como o usuário vai interagir no aplicativo.  

Abaixo separamos algumas dicas:

  • O vídeo deve ter no máximo 1 minuto e lembre-se de ressaltar as principais funcionalidades e diferenciais do app;
  • Incluir vídeo nas screenshots faz com que o posicionamento do app também seja elevado;
  • A Google Play Store permite adicionar um vídeo do Youtube que mostre exatamente como o seu app funciona. Isso aumenta e muito a visualização.

 

6. Descrição do app

No momento de publicação do app será necessário incluir 2 descrições na Play Store: uma curta de 80 caracteres, e uma maior de 4000 caracteres. Já na App Store, da Apple, apenas uma descrição de 4000 caracteres.

Apesar de não ser menos relevante que título e as palavras-chave, a descrição é importante, pois é onde poderá angariar novos usuários através das pesquisas nas lojas ou na web.

Na descrição mais curta, na loja do Google, use uma frase que diga sucintamente o que o app oferece para o usuário. Já na de descrição maior traga mais características. 

Indicamos usar no máximo 2000 caracteres pois raramente o usuário lerá os 4000 caracteres. Mas não deixe de citar as principais funcionalidades do app e colocar termos que acha que os usuários buscarão. Se preferir pesquise no Google Trends os termos mais buscados.

Abaixo separamos algumas dicas:

  • Insira uma boa descrição. Isso fará toda diferença;
  • Utilize palavras-chaves como o nome do app;
  • Mostre a importância do app ao usuário, benefícios e funcionalidades;
  • Apenas as primeiras linhas aparecem na descrição para o usuário sem que seja necessário clicar em "saiba mais". Utilize palavras atraentes para fazê-lo clicar no "saiba mais" e ler a descrição completa;
  • Atualize a descrição quando atualizar a versão do app.

7. Categoria

Escolha a categoria que está mais ligada com o propósito do app. Porém, existem categorias em que a concorrência é maior e outras menor ou seja, categorias com mais downloads do que outras.

Vale a pena navegar nas categorias das lojas e ver exatamente qual seria a perfeita para o seu app. 

Abaixo separamos algumas dicas:

  • Mais de 50% dos usuários baixam aplicativos diretamente das categorias;
  • A categoria vai definir a opção de busca quando o usuário for procurar o app na loja;
  • Se o usuário ainda não conhecer o app, uma outra forma dele encontrá-lo na loja é através da categoria. Ou seja, se ele quiser baixar algum jogo, irá clicar em "jogos" e aparecerão as opções a ele;
  • A categoria precisa estar relacionada com o app. Por exemplo, se for um app de restaurante, a categoria precisa estar ligada à comida, restaurante, etc.

 

8. Posicionamento geográfico

Na hora de publicar o app, a loja dará a opção de escolher em quais países quer distribuir o aplicativo. Isto é muito importante.

Não é porque estamos no Brasil que o app deve ser distribuído apenas aqui. Isso favorece que os estrangeiros, ao virem ao Brasil, não acessaram necessariamente a loja de apps brasileira mas encontrem o app pois está publicado para outros países também.

Abaixo separamos algumas dicas:

  • É importante colocar o app visível para todos os países, caso tenha usuários fora do Brasil;
  • Existem outros países que falam português, é válido selecionar todos;
  • Existem países com mais competição do que outros em termos de apps, por exemplo, no Brasil, a média de apps instalados por celular é 30, na Argentina, 20.


9. Site 

É essencial que você tenha um site de desenvolvedor.  São 2 opções para inserir na hora de publicar o app. Não é nada difícil, já que temos centenas de plataformas de criação gratuita de sites.

O primeiro site para inserir nas lojas é o site do desenvolvedor, onde pode facilmente criar uma landing page do seu app para promovê-lo. O segundo é o site de suporte e de termos de uso, onde as lojas pedem que torne claro os termos do seu app.

  • Um site vai trazer mais credibilidade para o seu futuro usuário;
  • Tenha uma política de uso clara e deixe exposto na hora de publicar o seu app


Confira agora o artigo de ASO 2 - Depois de publicar o app

__________________________________________________________________

Nosso objetivo é o seu sucesso. Por isso, em qualquer dificuldade ou necessidade, não exite em nos contatar pelo messenger.

Até a próxima, equipe Fabapp.


Quer saber mais?
Como criar um aplicativo
FAQ
Tudo o que você precisa saber antes de criar um aplicativo

Encontrou sua resposta?